quarta-feira, 20 de março de 2013

Free water!!! - diário de viagem

Peço logo perdão pra quem ficou esperando por um diário de viagem que fracassou... Quer dizer, na verdade está tudo registradinho aqui, na minha memória e, apesar do atraso, vou tentar repassar tudo pra vocês.

Todo Brasileiro que vai pela primeira vez à América deve ficar surpreso igual eu fiquei. É uma infinidade de coisas novas, diferentes, bizarras e engraçadas que, se tentássemos registrar tudo, acabaria logo com algumas memórias de câmeras fotográficas...

Mas nada me surpreendeu tanto quanto a "free water"!

Eu estava com uma amiga em Santa Mônica, na minha primeira semana, quando resolvi entrar no Starbucks pra comprar uma água. Poderia comprar água em qualquer outro lugar, mas fiz questão de ir ao Starbucks porque lá eu teria "free wifi" (isso dá outra crônica). Entrei na fila e quando chegou minha vez o atendente me perguntou qual era meu pedido.

- Só água, por favor!

- Pode ser esse tamanho? - perguntou me mostrando um copo de tamanho médio.

- Claro. Quanto é?

Ele me olhou com uma cara de "Whaaaat? O que você tá perguntando?".

- How much is the water? - perguntei de novo.

- A água é "free". - respondeu ele rindo de mim como se eu tivesse feito a pergunta mais absurda do mundo.

- FREEEEEEEEEEEEE? Sério? Como? No Brasil nós pagamos pela água no Starbucks.

- Como isso é possível? - ele perguntou.

- Não sei. Mas pagamos e pagamos caro.

- Vocês pagam por água lá? Preciso montar um Starbucks com free water no Brasil.

- Sim, por favor! - eu disse.

O moço simpático (todo mundo era simpático naquele lugar, mesmo com o frio hahaha) virou pra pegar a minha água, levantou a mão com o copo vazio e disse:

"FREE WATER PRA BRASILEIRA!"

Saí daquele lugar bestificada! "Como podem dar água assim, de graça?". Eles eram estranhos, até eu descobrir que em todos os lugares a água é de graça e, em quase todo canto ainda tem um "free petisco" - seja um pão delicioso na Cheescake Factory ou um chips com molho ardido nos restaurantes mexicanos. Na verdade, estranhos somos nós. "Como é possível isso, ficar pagando por água?"

Tentei ir num Starbucks aqui no Rio e pedi água, me deram uma garrafa quente e ainda me cobraram 4 reais.

Saudade do tempo e do lugar onde a água era de graça... e geladinha!


(não gastei nem um centavo com as águas das imagens acima) ;)

2 comentários:

  1. Ercília Figueiró20 de março de 2013 21:56

    Deveria realmente ser de graça, quanta água tem neste planeta. bjs querida, amo vc.

    ResponderExcluir
  2. Huhuhu, teve freewater até com direito a limão pra enfeitar o copo?! Que chique!!
    Eita nós, voltar pro Brasil é dureza! =.p O único lugar com free petiscos que conheço é o Outback, e mesmo assim é um pãozinho por mesa, independentemente se tem 1, 2, 3, 4 ou muitas pessoas na mesa! Já freewater, nem bebedouros tá tendo mais nos shoppings!! -.-"

    ResponderExcluir